Tratamentos

Bioplastia

Cada vez mais procurada, quer pela mulher quer pelo homem, a Bioplastia consiste numa remodelação dos contornos do corpo através de injeções de produtos biocompatíveis com o corpo humano. Com elas, pode como que esculpir-se determinada área do nosso corpo. Consegue-se assim aumentar determinadas áreas do corpo e rosto, corrigir depressões e deformações. É um método minimamente invasivo, sem cortes, que pode ser realizado por etapas e ser acompanhado pelo paciente ao espelho, pois a única anestesia por vezes utilizada é a local. Os resultados são logo visíveis e não necessita de internamento. O produto pode ser injetado a vários níveis de profundidade, tais como subcutânea, intramuscular, justa perióstea e mucosas, de acordo com a área a tratar e efeito pretendido. Pode ser usada para restaurar os contornos da face que se vão perdendo com o envelhecimento, devido à perda de osso, músculo e gordura. Um exemplo é o contorno da mandíbula que pode ser restaurado com Bioplastia. Pode substituir ou adiar a necessidade de cirurgia em pequenas correções de flacidez da face, embora não substituindo o Lifting cervico-facial quando a flacidez está bem estabelecida. A deformação da face por atrofia de gordura que ocorre nos pacientes portadores de HIV é outro campo de aplicação da Bioplastia. Pode-se aumentar a harmonia facial, jogando com o aumento da região malar e mentoniana, de modo a ficarem mais proporcionais às outras estruturas da face, nomeadamente o nariz. Pode remodelar-se o dorso nasal, corrigindo ou disfarçando pequenas imperfeições congénitas, traumáticas ou mesmo irregularidades após rinoplastia. O lábio também pode ser aumentado. Ao nível do corpo, pode ser utilizada para aumentar os glúteos ou para disfarçar a flacidez que surge com o passar dos anos, na parte inferior das nádegas. As mãos, que também envelhecem pela perda de gordura subcutânea, levando a que tendões e veias se tornem mais visíveis, também podem ser rejuvenescidas com Bioplastia. Outro campo também cada vez mais procurado é o da Bioplastia dos genitais, quer masculinos - tais como o alargamento do pénis - quer femininos, tais como a Bioplastia dos grandes lábios, que ficam mais flácidos, especialmente após a menopausa ou mesmo flacidez ou hipotrofia constitucional em idades mais jovens. Existem essencialmente dois tipos de produtos usados em Bioplastia<. os produtos definitivos, sendo o mais conhecido o Polimetilmetacrilato e os produtos não definitivos, tais como o Ácido Hialurónico. Os produtos definitivos, menos dispendiosos, têm o inconveniente de apresentar mais riscos de complicações no futuro, tais como nódulos palpáveis e visíveis inflamados, que a acontecer especialmente na face, podem ser catastróficos. Daí, na minha opinião, os produtos definitivos não devem ser utilizados nunca na face. Os produtos não definitivos, embora mais dispendiosos e obrigando a retoques em cerca de um a dois anos, são seguros. A infiltração de gordura autóloga pode também funcionar como uma forma de Bioplastia, obrigando à colheita da gordura através de uma Lipoaspiração, seguida de preparação e infiltração. Após o tratamento deve evitar mobilizar muito os músculos da região durante uma a duas semanas, dependendo da área tratada. Pode ocorrer ligeiro Edema e Equimose durante uma semana, devido ao traumatismo e inflamação que o produto provoca. Esta inflamação vai estimular beneficamente, a produção de Colagénio e outras fibras, nas áreas infiltradas, funcionando como pilares de sustentação da pele.


voltar