Tratamentos

Ginecomastia

A Ginecomastia é um aumento da mama no adolescente ou no homem. Pode ser por acumulação de gordura, por aumento anormal da glândula mamária ou por ambos. As causas podem ser por alterações hormonais, durante o período de crescimento no rapaz ou mesmo na idade adulta, por obesidade e nos desportistas que tomam anabolizantes e que ao pararem sofrem uma acumulação de gordura na região da mama. Habitualmente é bilateral, mas nalguns casos é unilateral ou bilateral assimétrica. Perante um aumento desta região ou na presença de uma massa palpável na região mamária deve consultar um médico. Raramente um nódulo na mama no homem pode ser um tumor e exige diagnóstico diferencial. O aumento de volume pode ser por excesso de gordura, excesso de glândula mamária ou por uma associação de ambos. A palpação manual e a ecografia mamária darão uma ideia do tecido predominante e que condiciona o tipo de tratamento da Ginecomastia. Nos casos em que existe excesso de gordura, a Lipoaspiração está indicada, nos casos em que existe glândula mamária será necessário proceder à excisão cirúrgica da glândula. Nos casos mistos, será necessário proceder à excisão da glândula mamária e lipoaspirar a gordura envolvente de modo a obter um melhor resultado com superfície cutânea mais regular. Não existe idade específica para ser realizada. Em presença de Ginecomastia, principalmente no adolescente deve pensar em rapidamente resolver o problema, pois nestas idades trata-se mesmo de um fator negativo na relação com os outros, refiro-me ao constrangimento do adolescente em se despir perante os outros amigos e amigas, por medo de troça, o que leva a sequelas sexuais e psicológicas. As cicatrizes resumem-se a pequenas incisões com cerca de meio centímetro na parede torácica, no caso de se proceder à Lipoaspiração e/ ou pequena incisão em meia-lua na transição aréola-pele, no caso de se proceder à excisão da glândula mamária. Qualquer destas cicatrizes evolui favoravelmente e ao fim de seis meses está impercetível. Em casos extremos de Hipertrofia mamária, a pele em excesso poderá ter de ser removida, o que implica cicatriz em T invertido, esta sim notória. Quando falo em Lipoaspiração refiro-me à Lipoaspiração invasiva, conforme pode ser lido no capítulo referente a Lipoaspiração.

A cirurgia é realizada sob Anestesia sedativa, demora cerca de uma hora e não necessita de internamento. Nos casos de grande Ginecomastia glandular, é deixado um dreno que se retira no dia seguinte. São colocados pensos impermeáveis de modo a poder tomar banho.

No pós-operatório é de prever Edema e Equimoses da região torácica, que demoram cerca de três semanas a desaparecer. Recomenda-se o uso de uma faixa elástica compressiva torácica de modo a recuperar mais depressa e com melhor resultado. O desconforto à palpação na primeira semana irá reduzindo progressivamente ao longo do primeiro mês. Poderá retomar o trabalho dentro de dois dias a uma semana, dependendo da intensidade do mesmo. Recomenda-se a realização de Drenagem Linfática manual nas primeiras semanas, de modo a evitar Fibroses. Nos casos em que existe excesso de pele, esta irá retrair. Este processo de retração leva cerca de seis meses. Nalguns casos esta retração cutânea poderá ser melhorada com tratamentos de Radiofrequência. Nos casos extremos de excesso de pele, poderá ser necessário excisão secundária de pele se esta não retrair conforme esperado.

As complicações são muito raras e resolvíveis, incluem infeções, hematomas, irregularidades da pele e assimetrias. Estas últimas podem necessitar de correção após o período de estabilização de resultados.

Poderá retomar o exercício físico em quinze dias. O uso de carga no músculo peitoral só recomendo passado um mês. A exposição direta ao sol deverá ser adiada até que a inflamação desapareça, o que pode levar cerca de três meses. Poderá realizar ou continuar com depilação a Laser ao fim de um mês.

Uma pergunta frequente que me colocam é se o volume mamário poderá voltar. A probabilidade é muito baixa se a glândula mamária for removida. Claro que um aumento excessivo de peso com aumento da gordura local ou se tomar anabolizantes poderá traduzir-se num ligeiro aumento. A regra básica de pós-operatório para manter um bom resultado, nesta como em todas as cirurgias, é manter o peso e trabalhar moderadamente os músculos envolvidos.

Imagens antes e depois


voltar