Melhore a sua auto-estima.
Venha ter connosco
e torne isso possível...
Esteja a par das novidades
subscreva a nossa newsletter.

mammoicn-video
img_home
Ana Isabel Gonçalves
Cirurgiã Plástica
Reconstrutiva e Estética
Cédula Profissional - 31104
logo_pequeno
A Cirurgiã Plástica

Currículo

1981 - Após concurso público, iniciou o curso de Medicina na Faculdade de Medicina de Lisboa.

1987 - Concluiu a licenciatura em medicina na Faculdade de Medicina de Lisboa, com a média final de 16 valores.

1989 - Concluiu o internato geral no Hospital de Santa Maria.

1991 - Iniciou o internato complementar de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética no serviço de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva, Estética e Maxilo-Facial (SCPRE ) do Hospital de Santa Maria, após concurso nacional, com a duração de 6 anos.

1996 - Terminou a sua formação no referido serviço, após exame de titulação única, constituído por um júri envolvendo elementos da especialidade, da Ordem dos Médicos e do Hospital de Santa Maria, obtendo assim o grau de assistente hospitalar de cirurgia plástica, reconstrutiva e estética com a classificação final de 18,3 valores e o título de especialista da Ordem dos Médicos.

1996 a 1998 - Exerceu a sua actividade como assistente hospitalar eventual no SCPRE do Hospital de Santa Maria.

1998 a 2001 - Exerceu função de assistente hospitalar no SCPRE do Hospital de S. José.

2001 - Após concurso público, ocupa uma vaga de assistente hospitalar de cirurgia plástica, reconstrutiva e estética no Hospital de Santa Maria.

2005 - A pedido, foi-lhe concedida licença sem vencimento de longa duração, estando desde essa altura dedicada à prática clínica privada na área da cirurgia plástica/ estética e da cirurgia dos tumores cutâneos.


Tem mais de 5.000 cirurgias efectuadas e cerca de 4.000 ajudas a intervenções cirúrgicas, destacando-se a cirurgia estética e oncológica cutânea e das glândulas salivares patologia predominante na sua actividade quando era assistente hospitalar, época em que integrou a equipa dedicada a este tipo de patologia no SCPRE do Hospital de Santa Maria.

A partir de 2005 a sua actividade cirúrgica desenvolve-se sobretudo na área da cirurgia estética e da cirurgia dos tumores cutâneos.

Fez parte da comissão organizadora em cinco congressos, dois dos quais internacionais.

Colaborou como monitora em cursos de iniciação à microcirurgia, promovido pelo serviço SCPRE do Hospital de S. José.

Colaborou na formação de internos de cirurgia plástica no Hospital de Santa Maria.

Integrou semanalmente uma equipa de urgência de 1991 a 2005, sendo como chefe de equipa no último ano. Na urgência tratou sobretudo patologia traumática da face e mão e queimados.

Fez vários cursos e estágios no estrangeiro, sobretudo Brasil e França na área da cirurgia estética e endoscopia da face.

Tem escrito e apresentado inúmeros trabalhos em revistas nacionais e internacionais, assim como em congressos.

Colaborou em diversos programas televisivos sobre medicina e cirurgia estética.

Fez parte do corpo clínico do programa televisivo "Dr. Preciso de Ajuda", tendo sido responsável por algumas transformações cirúrgicas apresentadas no programa.

Actualmente dedica-se à cirurgia e medicina estética e ao tratamento cirúrgico de tumores cutâneos.

É colaboradora como cirurgiã plástica na Clínica Fernando Póvoas em Lisboa e Porto, na Clínica Baía de Cascais e na Clínica Privada de Oftalmologia de Lisboa.

É membro da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética.

seta_up
seta_down
Tratamentos
cirúrgicos e não cirúrgicos

O que fazer antes de uma cirurgia

CONSULTA
É necessária uma consulta antes de realizar algum tipo de tratamento cirúrgico ou não. Nesta consulta, além de ser avaliado o seu estado clínico, é discutida qual a melhor solução para o seu caso e são retiradas todas as dúvidas em relação ao procedimento.
Faz-se também o pedido dos exames pré-operatórios. A consulta funciona por marcação telefónica para os contactos referidos na área CONTACTOS.

EXAMES PRÉ-OPERATÓRIOS
Qualquer intervenção cirúrgica implica a realização de exames clínicos definidos, de modo a excluir alguma doença e assim avaliar o estado de saúde. Para tratamentos médicos, habitualmente não são necessários exames prévios.

Exames básicos comuns a todas as cirurgias:
- Análises ao sangue - hemograma completo, ionograma, glicemia, tempo de protrombina, tempo de tromboplastina, TGO, TGP, marcadores virais AgHbs, HIVI, HIVII. Em caso de doença da tiróide é necessário o doseamento de T3, T4 e TSH.
- Análise de urina tipo II
- Radiografia ao tórax
- Electrocardiograma

Na cirurgia da mama, é necessário uma mamografia e/ ou ecografia mamária recente.

img_mulher
img_homem
NA MULHER
NO HOMEM
Aumento das nádegas / glúteos

Esta cirurgia permite uma melhoria no contorno e flacidez das nádegas que se começa a instalar a partir dos 30 anos. A prótese utilizada é uma prótese de gel de silicone específica, com formato próprio. Não interfere no sentar, pois são colocadas em posição alta e entre os músculos glúteos, o que permite um resultado mais natural ao toque e olhar.

A anestesia utilizada é a epidural e eventualmente a geral. As próteses são colocadas através de uma incisão de cerca de 6 cm no sulco intergluteo, tornando-se imperceptível com o tempo. Pode sentar-se ao fim de 48h por curtos períodos, assim como andar no dia seguinte. O período de recuperação é cerca de 3 semanas.

O aumento de glúteos pode também ser realizado com gordura, o que obriga a aspiração de gordura de uma área onde exista em excesso. A gordura aspirada é tratada e de seguida no mesmo tempo operatório é infiltrada na área dos glúteos. A gordura infiltrada pode reabsorver em maior ou menor grau nos meses seguintes, sendo imprevisível. Tem uma recuperação de acordo com o tempo de recuperação referido para a lipoaspiração.

Pode também utilizar-se ácido hialurónico altamente concentrado para aumento dos glúteos, bastante simples, só implica anestesia local. O ligeiro edema e inflamação que podem surgir, passam ao fim de uma semana. Não implica imobilização. O produto injectado vai reabsorvendo ao longo de dois anos, nalguns casos reabsorve mais rapidamente. Pode ser injectado repetidas vezes.

bt_mulher_on
bt_homem_on
seta_up
seta_down
seta_up
seta_down
img_div4
Introdução

Não é possível neste curto texto ser exaustivo em relação à descrição de cirurgias e tratamentos que podem ser feitos em quase todas as regiões do corpo.

A tendência actual é a de associar várias técnicas com um menor grau de agressividade, de modo a permitir uma recuperação mais rápida, com um resultado mais natural.

Notícias
Livro: Cirurgia Estética - uma visão no feminino

Ana Gonçalves, nascida em 1963, formou-se como cirurgiã plástica em 1996 no Serviço de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética do Hospital de Santa Maria em Lisboa, tendo feito um primeiro percurso na cirurgia reconstrutiva e maxilo-facial, rapidamente encontrou a sua paixão, a cirurgia estética, a qual pratica há 19 anos.

Desde 2002 é colaboradora da Clínica Fernando Póvoas, trabalhando na área da cirurgia e medicina estética.

Colabora também com dermatologia na área dos tumores cutâneos e com oftalmologia na área da patologia palpebral. Fez parte do corpo clínico da primeira série televisiva «Dr. Preciso de Ajuda» e colabora frequentemente em artigos de esclarecimento em revistas.

Este livro surge da necessidade de transmitir e desmistificar as realidades e mitos relacionados, com um tema cada vez mais procurado pela população e, pela primeira vez, sob um olhar feminino.

Perguntas como:  A cirurgia estética é dolorosa? A cirurgia da mama aumenta o risco de cancro? Será que tenho idade para realizar determinado procedimento estético? Quero retardar as marcas de envelhecimento no rosto, o que fazer e manter o aspecto natural? Quais os riscos da anestesia na cirurgia estética? Que técnica de lipoaspiração devo escolher? Após ter sido mãe o meu corpo alterou tanto, sinto-me constrangida com o meu parceiro, como posso reconstruir o meu abdomem e os meus genitais?

A estas e muitas mais questões pode obter a resposta adequada neste livro.

«Adoramos a perfeição porque não a podemos ter: repugná-la-íamos, se a tivéssemos.
O perfeito é desumano; porque o humano é imperfeito»
Fernando Pessoa

seta_up
seta_down
Artigos
Beleza no Masculino - Men Moments Magazine

Sexo masculino e sexo feminino , dois conceitos geneticamente diferentes, mas cada vez mais diluídos e interligados no conceito estético.

A evolução do conhecimento científico e dos costumes da sociedade moderna, leva a reflectir sobre a atual distinção entre homem e mulher e a pensar que esta distinção não é igual ao que era para a geração dos nossos pais. Surge um novo conceito do ser humano, como um ser sexual, com as suas vertentes culturais, sociais, profissionais e familiares.
Transportando este conceito para a cirurgia plástica, podemos afirmar que não existe uma cirurgia plástica para homem e outra para mulher, existem diferentes procedimentos estéticos, com indicação específica para cada caso. Claro que existem pequenos detalhes técnicos, assim como diferentes procedimentos na recuperação entre homens e mulheres.

A procura por parte do homem nos procedimentos de estética tem vindo a aumentar mundialmente desde os anos 80. Fatores como a mudança dos costumes da sociedade, a entrada da mulher no mercado de trabalho, a abertura dos media sobre o assunto e a quebra de tabus, levou o homem a sentir que "beleza" e "aparência" não deveriam ficar só pelo universo feminino e levou-os a recorrer ao que a cirurgia plástica tem para oferecer.

O homem descobriu que pode recuperar juventude e cuidar da sua aparência física, sem perder a sua masculinidade. Lado a lado com a cirurgia plástica desenvolve-se a dermocosmética e a medicina anti-aging.

O conceito de "Beleza" é muito subjectivo, para mim tem a ver com a harmonia de proporções físicas aliada à harmonia interior, uma espécie de corpo "Belo" em mente "Bela".

O que mais procuram os homens neste campo? Os adolescentes procuram mais as correções de nariz, lipoaspiração, correção de ginecomastia e a correção de orelhas de abano. A partir dos 40 anos, procuram sobretudo a correção da calvície, correção da flacidez das pálpebras, pescoço, papos nos olhos e rugas.

Existe idade ideal? Não existe idade ideal, existe sim indicação clínica, oportunidade e disponibilidade de meios humanos e técnicos . Esta disponibilidade é cada vez maior, o que leva por vezes à dificuldade na escolha do profissional e da técnica. Os custos destes procedimentos têm vindo a diminuir na ultima década, sendo cada vez mais acessíveis.

O que eles querem? Querem um resultado natural e recuperação rápida, seguido de descrição. Interessante notar que em relação à descrição perante a sociedade, os homens são geralmente mais descontraídos que as mulheres e assumem que fizeram um procedimento cirúrgico numa percentagem mais alta que as mulheres.

Quando iniciei a minha atividade como cirurgiã plástica há mais de 15 anos, os homens não faziam parte da minha lista de pacientes que me procuravam para procedimentos estéticos. Actualmente, cerca de 20% dos meus pacientes são homens. Cada vez mais os homens falam abertamente sobre estes assuntos, embora muitas vezes erradamente, por informação inadequada. Ao longo das varias edições, pretendo esclarecer dúvidas, mitos e realidades, relativos aos procedimentos estéticos actualmente disponíveis. Afinal é tudo acerca de melhoria da aparência física e aumento da auto-estima, com consequente reação positiva e melhoria das relações a nível amoroso, familiar, profissional e social.

Sente então necessidade de alterar ou melhorar uma parte do seu corpo. Quais os próximos passos a dar? O que deve ter em conta? Na próxima edição darei os conselhos básicos para o ajudar na sua decisão e orientação.

seta_up
seta_down
Contactos

Clínica Fernando Póvoas
Estrada da Luz, n.º 90, 11º - Lisboa
T: 217 210 296

Av. Fernão de Magalhães, 1585 - Porto
T: 225 573 130

CPO (Clínica Privada de Oftalmologia)
Av. da Liberdade, 180A - 1º - Lisboa
T: 213 105 650 / F: 213 105 668

Clínica Baía de Cascais
Largo Cidade de Vitória, n.º 27 - 2º - Cascais
T.: 219 236 382

e-mail: info@anagoncalvescirurgiaplastica.com

Nome
E-mail
Mensagem
copyright topping.pt